Palácio do Raio

Quando o imaginário de um palácio se atravessa na nossa mente, invariavelmente pensamos num edifício grande, sumptuoso e sublime. Repleto de pormenores que o tornam especial. Diferente dos demais.

Ninguém sabe se foi exatamente esta a compreensão de André Soares quando João Duarte Faria lhe pediu que projetasse o palácio, mas foi isso que o arquiteto criou. Nada que nos surpreenda se considerarmos o génio de André Soares, autor de outras obras como o Arco da Porta Nova ou a Cabeceira da Sé de Braga.

we-braga-palacio-raio-1we-braga-palacio-raio-2

Ao entrarmos no palácio, deparamo-nos com uma estátua no topo de uma escadaria – o Mexicano – que tanto parece dar-nos as boas vindas, como estar apenas a observar. A emoldurar a estátua existem duas vitrinas que iluminam o segundo vão de escadas.

we-braga-palacio-raio-5we-braga-palacio-raio-8we-braga-palacio-raio-26

Atualmente o palácio é um museu mas nem sempre foi assim. Mandado construir para habitação por João Duarte Faria, passaria mais tarde para as mãos de Miguel José Raio, devido às dificuldades financeiras do primeiro. Este proprietário foi particularmente importante (não é ao acaso que se chama Palácio do Raio) pois foi dele a decisão de colocar a fachada coberta de azulejos, não presentes na criação original de André Soares.

we-braga-palacio-raio-44we-braga-palacio-raio-31

Posteriormente, o Palácio do Raio foi adquirido pelo Banco do Minho e seguidamente pela Santa Casa da Misericórdia. Como resultado, o edifício transformou-se num espaço do Hospital de Braga, contíguo ao palácio. Muitos anos depois, com a mudança da localização do Hospital de Braga, o palácio deixou de ser utilizado e, após ter sofrido uma renovação profunda com enfoque nos tetos e azulejos, abriu como museu.

we-braga-palacio-raio-14we-braga-palacio-raio-22we-braga-palacio-raio-17we-braga-palacio-raio-15we-braga-palacio-raio-16we-braga-palacio-raio-23we-braga-palacio-raio-18we-braga-palacio-raio-19

O museu é particularmente interessante, para além de permitir visitar todo o palácio, garante acesso a exposições muito ricas. Uma delas dá a conhecer os dois maiores arquitetos de Braga – André Soares e Carlos Amarante –, outra atravessa a história da Irmandade da Misericórdia e, por último, talvez aquela de caráter mais idiossincrático, os arquivos dos séculos XVI, XVII e XVIII e utensílios utilizados nos primórdios da medicina em Portugal.

we-braga-palacio-raio-28we-braga-palacio-raio-30we-braga-palacio-raio-33we-braga-palacio-raio-29we-braga-palacio-raio-34 we-braga-palacio-raio-39we-braga-palacio-raio-42

Informações úteis

PALÁCIO DO RAIO
Rua do Raio
4700-920 Braga

+351 253 206 520

Terça a sábado
10H00-13H00 / 14:30-18H30

Entrada livre.

 

Comentários

Outras publicações de We Braga

Visage Perfumaria

Uma perfumaria sem igual Entrar na Visage Perfumaria é entrar numa perfumaria...
Ler mais

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *