Braga e o Covid-19

Braga e o Covid-19

Artigo em atualização diária, sempre que haja nova e relevante informação para ser partilhada.

 

Vivemos tempos difíceis e de grande incerteza quanto ao futuro, no entanto é ao estarmos bem informados e seguros do que podemos ou não fazer que melhor poderemos combater esta pandemia. Neste artigo, decidimos reunir o máximo de informação possível acerca deste vírus e das práticas a ter nestes tempos de isolamento forçado.

Covid-19

O Município de Braga, que tem sido exemplar na sua estratégia para combater a proliferação deste vírus, estabeleceu vários planos de ação para informar e proteger os seus cidadãos. Partilhamos convosco algumas das medidas decretadas pelo município e, também, um conjunto de boas práticas para os tempos que se seguem.

No site da Associação Comercial de Braga, pode encontrar informação relacionada com os Apoios aos Postos de Trabalho durante a epidemia do Covid-19. Saiba mais aqui.

Principais medidas do plano de ação:

  • Encerramento dos principais equipamentos e espaços públicos da cidade (parque desportivo da rodovia, parque do picoto, museus, parques infantis municipais, etc.)
  • Encerramento do serviço de atendimento ao público da AGERE, com o atendimento a ser efectuado exclusivamente por via telefónica e electrónica (253 205 000/808 205 000 ou apoiocliente@agere.pt e balcao.agere.pt)
  • Encerramento dos serviços não essenciais, atribuindo horário zero ao comércio
  • Disponibilização do Centro de Juventude de Braga – Pousada de Juventude para alojamento gratuito para profissionais da área da Saúde
  • Criação de locais de atendimento para casos suspeitos de COVID-19
  • Proibição de queimas e queimadas no concelho de Braga
  • Cessação de cobrança dos passes e avenças do mês de abril pela TUB
  • Criação da Linha de Apoio 60+ (800 210 094) e a linha de apoio ao munícipe (planocovid19@cm-braga.pt)
  • Abertura do Centro de Rastreio de Braga para despistagem do Covid-19, localizado no Altice Forum Braga e em colaboração com a ARS Norte

Linha de Apoio 60+ Covid-19

Locais de Atendimento para Casos Suspeitos de COVID-19 em Braga

Os locais onde decorrerão as consultas de atendimento de utentes com suspeita de COVID-19, estão organizados conforme com a unidade de inscrição do utente, de acordo com a seguinte informação:

Edifício de Infias (Rua Padre António Freire, 15 4700-004 Braga)

USF Braga Norte
USF Sete Fontes
USF Ruães
UCSP Adaúfe

Edifício de Maximinos (Largo Paulo Orósio, 4700-036 Braga)

USF Maxisaúde
USF Manuel Rocha Peixoto
USF Saúde Oeste
USF Tadim
USF São Salvador
USF São Lourenço
UCSP São Geraldo/Pedralva

Edifício do Carandá (Rua André Soares, 25 4715-213 Braga)

USF São João
USF Minho
USF Sanus Carandá
USF Salutis
USF + Carandá
USF Gualtar
USF Esporões
USF Brácara Augusta

Os locais acima referidos estão devidamente identificados com a sinalética COVID-19. Horário de Funcionamento – Segunda a Domingo, entre as 08h00 e as 20h00.

Que cuidados ter em distanciamento social?

  • Evitar lugar movimentados, jantares com amigos (fora ou dentro de casa) ou outros contactos desnecessários
  • Manter, sempre que possível, uma distância superior a dois metros das outras pessoas
  • Recorra, sempre que possível, a serviços de entrega ao domicílio
  • Lavar as mãos com regularidade, com água e sabão ou solução à base de álcool, durante pelo menos 20 segundos
  • Tossir e espirrar para o braço ou para um lenço de papel, que deve ser deitado ao lixo de seguida, lavando as mãos depois

Distanciamento Social Covid-19

Que cuidados ter em isolamento?

As pessoas que estão em isolamento em casa DEVEM:

  • Ficar em casa, e só sair se estritamente necessário, falando sempre primeiro com a Autoridade de Saúde ou o médico assistente, e seguindo as suas recomendações
  • Ter um quarto e, se possível, uma casa de banho só para si
  • Tomar o banho em último lugar, caso partilhem a casa de banho
  • Lavar as mãos com regularidade, com água e sabão ou solução à base de álcool, durante pelo menos 20 segundos
  • Cumprir as regras de etiqueta respiratória (tossir e espirrar para o cotovelo ou para um lenço de papel, que deve ser deitado ao lixo de seguida), lavando as mãos depois
  • Lavar e desinfetar as superfícies com regularidade
  • Arejar as divisões da casa regularmente (abrir portas e janelas para fazer circular o ar)
  • Evitar utilizar espaços comuns com outras pessoas presentes, incluindo nos períodos de refeições
  • Usar máscara, se partilhar a casa com outras pessoas. Se não for possível usar máscara, as pessoas com quem partilha casa, devem fazê-lo
  • Manter distância das outras pessoas presentes – por exemplo, limitar o tempo em que com pessoas na mesma divisão, quando estiver na mesma divisão manter uma distância de pelo menos 2 metros ou 3 passos de adulto (sempre que possível)
  • Pedir a amigos, familiares ou serviços de entrega, itens necessários tais como alimentos ou medicamentos. Nesta situação deve:
    • Solicitar ajuda ou realizar pedidos por telefone
    • Certificar que quem faz a entrega a deixa à porta, e não entra em casa. Não deverá haver contacto com a pessoa que faz a entrega

As pessoas que estão em isolamento em casa NÃO DEVEM:

  • Fazer deslocações para o trabalho, escola, espaços públicos ou outros locais
  • Receber visitas em casa ou ter contactos desnecessários, sobretudo com pessoas mais velhas ou com doenças crónicas
  • Partilhar artigos de higiene como sabonete, toalha ou utensílios de cozinha, como pratos, copos, chávenas
  • Depositar os seus resíduos num ecoponto

Orientações para alimentação em situações de isolamento – planeamento e compra de alimentos:

Numa situação de isolamento, é importante garantir a disponibilidade de alimentos que permita assegurar as necessidades alimentares por um período mais longo de tempo, sendo a otimização do momento de ida aos supermercados essencial para evitar deslocações frequentes às compras. Em paralelo, é necessário ter um comportamento de compra que permita a boa gestão dos stocks por parte dos supermercados. A compra responsável, nas quantidades adequadas e sem exageros será essencial neste período.

O açambarcamento de produtos alimentares pode, inclusive, ser um estímulo ao consumo alimentar excessivo e de má qualidade nutricional (principalmente excesso de sal, açúcar e gordura), num período em que estão presentes outros fatores de risco, como por exemplo o sedentarismo e o stresse emocional. Neste contexto, de maior pressão sobre as cadeias de abastecimento alimentar, apresentam-se algumas recomendações para o planeamento e para a compra, nomeadamente o tipo de alimentos a dar preferência e em que quantidades. A par destas recomendações será igualmente importante manter um estilo de vida saudável, nomeadamente uma alimentação saudável, hidratação adequada, atividade física e horas adequadas de sono.

Estas orientações têm como objetivo contribuir para uma compra de alimentos responsável e adequada a esta situação, incentivando a compra de alimentos que apresentem uma boa durabilidade e que, ao mesmo tempo, sejam promotores de uma alimentação saudável e permitindo reduzir a frequência de ida às compras.

Como planear?

Antes de ir às compras é essencial fazer um adequado planeamento. Para o planeamento da compra de alimentos, deverá ser tido em conta a necessidade de:

  • Fazer uma lista de compras organizada – a lista de compras é uma ferramenta essencial para assegurar a compra de todos os alimentos que necessita, permitindo evitar as idas frequentes ao supermercado;
  • Para organizar a lista de compras DEVE:
    • Verificar os alimentos que ainda tem disponíveis em casa
    • Verificar a capacidade de armazenamento à temperatura de refrigeração e congelação;
    • Planear as diferentes refeições que pretende fazer, assegurando a utilização dos alimentos que ainda tem disponíveis em casa e de modo a que seja possível não esquecer todos os alimentos e ingredientes específicos e necessários para a sua confeção;
    • Considerar a importância de incluir maioritariamente alimentos que fazem parte de um padrão alimentar saudável, ou seja, alimentos dos diferentes grupos da Roda dos Alimentos e respeitando as proporções recomendadas.

Covid-19

O que deve ser tido em consideração no momento da compra?

No momento da compra, deve-se ter também alguns cuidados:

  • Verificar e cumprir a lista de compras, sempre que os alimentos que necessita estiverem disponíveis. Comprar apenas o que precisa!
  • Optar por alimentos que tenham um prazo de validade mais longo.
  • Garantir que o seu cesto de compras tem um bom equilíbrio entre alimentos com menor e maior durabilidade. Os alimentos com menor durabilidade podem ser adquiridos, contudo devem estar presentes em menor quantidade e deverão ser os primeiros a consumir.
  • Preferir alimentos de elevado valor nutricional em detrimento de alimentos com elevada densidade energética (ou seja, reduzir o consumo de alimentos que fornecem muita energia, mas poucos nutrientes).
  • Assegurar a compra de produtos frescos, como fruta e hortícolas, preferindo aqueles que apresentam uma maior durabilidade e/ou produtos congelados para o caso dos hortícolas e mediante a capacidade de armazenamento.
  • Nas idas às compras devem ser asseguradas todas as precauções para minimizar o risco de infeção para o próprio e para os outros, nomeadamente:
    • evitar o manuseamento dos alimentos a não ser para colocar no carrinho de compras;
    • cumprir as distâncias de segurança (manter-se a pelo menos a um metro de distância das pessoas);
    • evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos;
    • higienização adequada das mãos antes e depois da ida às compras;
    • adotar as medidas gerais de etiqueta respiratória (não usar as mãos ao tossir ou espirrar, usar um lenço de papel ou o antebraço).

Mais Informações:

www.dgs.pt/
www.sns.gov.pt/
www.cm-braga.pt/pt
www.cm-braga.pt/pt/0203/viver/protecao-e-seguranca/covid-19
planocovid19@cm-braga.pt

Linhas de Apoio:

SNS 24 | 808 24 24 24
Linha COVID Braga | 220 411 194
Linha de Apoio 60+ | 800 210 094
Linha de Apoio Psicológico Covid-19 | 253 144 420


Fotos retiradas das páginas de Facebook da Direção Geral de Saúde e do Município de Braga

 

Comentários

Escrito por
Outras publicações de Henrique Almeida

Mirror Conf 2018

Os dados estavam lançados para a realização de mais uma conferência de...
Ler mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.