Loading Events

« All Events

  • This event has passed.

LINK : Gnration Open Day

29 April, 2023 - 10:00 / 30 April, 2023 - 1:00

Depois de um mês de celebração, os dez anos do gnration culminam, a 29 de abril, com o gnration open day. A já habitual celebração conta com um conjunto de atividades gratuitas compostas por concertos e exposições de artistas internacionais e nacionais.

Inês Malheiro
Inês Malheiro é uma artista natural de Braga que usa a voz como instrumento e matéria-prima para desenvolver narrativas sonoras. Em 2022 lançou o primeiro disco a solo, Deusa Náusea. Em paralelo ao seu trabalho a solo, editou liquify, spread and float (2022), um álbum-performance improvisado ao vivo, criou a sonoplastia de Práticas Laboriosas do Enxofre (2022), um projeto expositivo criado pelo Coletivo Corisca, lançou Canal-Conduto (2020) com Gonçalo Penas e é metade da dupla Fura Olhos, com Miguel Pedro dos Mão Morta.

Serge Fritz
Serge Fritz é o alter ego de Sérgio Freitas, músico e pianista de Braga. Conhecemo-lo como de colaborações, em estúdio e ao vivo, com nomes tão diversos como Sensible Soccers e Pz, com quem toca regularmente, e Old Jerusalem, Mind da Gap ou We Trust. No gnration, Serge Fritz apresenta o seu primeiro disco a solo, Gandulo. Este álbum instrumental, construído por onze faixas, funde ambientes cinemáticos e música improvisada com laivos de jazz hip-hop, e melodias pop. O resultado é um diário de vadiagem pessoal com uma sonoridade vincada que reflete a volatilidade dos tempos, dos modos e das modas.

Bandua
Partindo do cancioneiro popular da Beira Baixa, Bandua reinventa e reinterpreta a tradição folclórica da região através da música eletrónica. Com raízes ancestrais na província portuguesa, o músico e produtor luso-brasileiro Tempura the Purple Boy (Bernardo Addario) teve a ideia de trazer estes sons para a pop do século XXI, com a ajuda de Edgar Valente. Em 2022 lançaram o disco homónimo que coloca estas sonoridades, poemas e canções num trabalho melancólico e eletrónico de língua portuguesa.

Arsenal Mikebe
Arsenal Mikebe é um trio de percussão de Kampala,Campala, capital do Uganda. Formado por Ssentongo Moses, Dratele Epiphany e Luyambi Vincent de Paul, todos percussionistas tradicionais por direito próprio, Arsenal Mikebe é uma verdadeira máquina de ritmo dançável orgânico e industrial. Donos de um estilo de percussão único e vanguardista, o trio africano funde ritmos pesados com vozes, transe e música experimental. O instrumento personalizado que utilizam foi criado pelo escultor ugandês Henry Segamwenge, e, por coincidência ou por desenho, soa altamente eletrónico e acústico ao mesmo tempo, criando uma sensação rítmica e tímbrica fascinante. Arsenal Mikebe estão neste momento a preparar o disco de estreia, que será editado pela Nyege Nyege Tapes.

Panda Bear & Sonic Boom
Amigos de longa data, Panda Bear e Sonic Boom juntaram-se em estúdio com um objetivo: gravar um disco alicerçado em loops e samples retirados de canções pop dos anos 50 e 60. Apesar de trabalharem regularmente há mais de uma década, Reset é o primeiro trabalho colaborativo que junta no mesmo patamar dois dos mais influentes músicos da música independente mundial. Noah Lennox e Peter Kember, que ao longo dos últimos dez anos passaram pelo gnration em nome próprio, juntam-se agora no palco do open day para apresentar este novo disco.

De Schuurman
Uma figura central da cena eletrónica e rave dos Países Baixos, De Schuurman junta influências, ritmos e samples que vão do eletro house, trance e R&B ao trap, afro e hip hop, para criar combinações explosivas na pista de dança. Um produtor visionário e um dos precursores do Bubbling de Roterdão, em 2022 editou a coletânea Bubbling Inside, pela Nyege Nyege Tapes, retirada diretamente das pistas de dança, e que relata o desenvolvimento do género ao longo da última década.

Candy Diaz
Da música cigana e dos clássicos obscuros de girl groups à música psicadélica, pós-punk, funk soul, o que se espera de um set de Candy Diaz são as melhores pérolas da música dançável de várias eras e lugares. Fora da cabine de DJ, conhecemos Ana Farinha – nome de nascimento de Candy Diaz – como a baterista em Vaiapraia e Hidden Horse.

Cascade, por Marc Vilanova
Cascade é uma instalação criada por Marc Vilanova que utiliza gravações de infrassons de cascatas. Esta instalação é composta por 88 altifalantes, que são incapazes de reproduzir as frequências infra sonoras, mas a sua vibração é transmitida para uma fibra ótica luminescente. Nesta peça, ouvimos uma tentativa de reproduzir estes sons e a sua ressonância visual através de fios de luz. Esta peça foi criada em residência artística no gnration, depois do artista catalão ter sido selecionado para o programa de residências da EMAP – European Media Art Platform

Scale Travels: Análise de um paraíso fugaz, por Mariana Vilanova + Marcelo Reis
Análise de um Paraíso Fugaz é uma instalação criada por Mariana Vilanova e Marcelo Reis, resultante de uma residência artística no INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, junto do grupo NOA, cuja investigação procura tornar a produção de energia solar mais eficiente e sustentável. Esta instalação surge da tradução de imagens SEM (Scanning Electron Microscope) para som e de imagens criadas através da microscopia ótica do mineral perovskita.

Circuito no aniversário do gnration: ode ao gnration!, visitas orientadas e estação de experimentação

O Circuito, o serviço educativo da Braga Media Arts, junta-se ao décimo aniversário do gnration.
ODE ao gnration! é um espetáculo que junta a Orquestra de Dispositivos Eletrónicos (ODE) e o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. Nesta sua quinta edição, a ODE, ensemble informal de músicos e não músicos que se encontram regularmente em torno da exploração sonora, conta com direção artística da música e artista turca Ece Canlı. Para o aniversário do gnration, a ODE convidou os alunos do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga a juntarem-se a uma apresentação única e irrepetível.
Para desmistificar o que é isto das Media Arts, o Circuito disponibiliza um conjunto de visitas orientadas às exposições do gnration, conduzidas pela artista e mediadora Joana Patrão. A visita dará a conhecer melhor as exposições Cascade, de Marc Vilanova, e Análise de um Paraíso Fugaz, de Mariana Vilanova e Marcelo Reis.
Para participar a qualquer momento e por quanto tempo desejar, o Circuito apresenta uma estação de experimentação da Escola de Desenho Inconvencional. Recorrendo à relação entre desenho, som e botânica, esta estação convida à exploração de materiais e das diferentes formas de fazer um desenho.

Programa

Música
16:00 Inês Malheiro · sala multiusos
17:00 circuito apresenta: ode ao gnration! — orquestra de dispositivos eletrónicos + conservatório de música calouste gulbenkian de braga · palco praça
18:00 Serge Fritz · blackbox
22:00 Bandua · palco praça
23:00 Arsenal Mikebe · blackbox
00:00 Panda Bear & Sonic Boom · palco praça
01:00 De Shuurman · blackbox
01:00 Candy Diaz · sala multiusos

Exposição
10:00 – 01:00 análise de um paraíso fugaz, por Mariana Vilanova + Marcelo Reis · galeria inl
10:00 – 01:00 cascade, por Marc Vilanova · galeria gnration

Serviço Educativo
10:00 + 14:00 Estação de experimentação: Escola de Desenho Inconvencional · sala zero
10:00 + 11:00 + 12:00 Visita Orientada às Exposições · galeria inl e galeria gnration

Details

Start:
29 April, 2023 - 10:00
End:
30 April, 2023 - 1:00